Em assembleia virtual nesta 5ª feira, 12/08/21, bastante concorrida e com recorde de participação, as farmacêuticas e os farmacêuticos presentes disseram não à proposta de reajuste feita pela direção do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos – Sincofarma, de apenas 80% do INPC para reajuste da remuneração da categoria do setor.

O Sincofarma não considerou nenhuma das demais cláusulas apresentadas na Pauta de Reivindicações aprovada em assembleia da categoria em fevereiro (42 cláusulas).

Em tempos de Pandemia Covid-19 e devido ao maior grau de exposição dos colegas, a reivindicação do adicional de insalubridade, simplesmente,  não foi considerada, assim como a obrigatoriedade de pagamento do salário em conta, cláusula existente desde o final da década de 1980 e que absurdamente continua sendo negada, sem a menor justificativa...

 

Crescimento do varejo farmacêutico

O setor farmacêutico foi um dos poucos da economia que teve desempenho positivo em meio a Pandemia, desde 2020. De acordo com instituições de pesquisa de mercado ligado a indústria e ao comércio de medicamentos, portanto, entidades que assessoram as empresas patronais,  onde um dos estudos feito pela empresa Close-Up International aponta que o varejo farmacêutico deve, pela primeira vez, atingir faturamento de três dígitos e ultrapassar R$ 103,2 bilhões em 2021, com a venda de 7 bilhões de unidades. O resultado representaria um avanço de 10,8% na comparação com os R$ 93,1 bilhões alcançados em 2020. Veja quadro abaixo. 

 EVOLUÇÃO DO VAREJO FARMA (EM BILHÕES) 

 

Este crescimento deve-se muito à dedicação e envolvimento da categoria farmacêutica, que se expôs mais ainda aos riscos de contaminação pelo coronavírus e também aos serviços e demandas cada vez diversificadas e que tem feito das farmácias e drogarias verdadeiros estabelecimentos prestadores de serviços de saúde.

 Não fugindo à luta, ao contrário, a categoria vem assumindo cada vez mais responsabilidades, jornadas extenuantes, com competência e disposição enquanto profissional de saúde comprometido com a sua profissão e com seus deveres.

 Os participantes da Assembleia manifestaram indignação perante essa demonstração de não reconhecimento, pelo patronal,  a todo  trabalho desenvolvido e de forma unânime, rejeitaram a proposta de apenas 80% (4,98%) do INPC referente à data-base que é o mês de março (6,22%). Entendemos que reajuste abaixo da correção de perdas é redução salarial, portanto, inaceitável.

 

A direção do Sinfarmig apresentará ao Sincofarma essa decisão e proporá nova reunião para que alcancemos, pelo menos, o INPC cheio.

 Seguimos em frente na defesa dos direitos e da dignidade do trabalho farmacêutico.

Abraços.

 Att.  Diretoria do Sinfarmig

 

 

 

 

A Diretoria do Sinfarmig informa a categoria que o processo de eleições para diretoria da entidade, gestão 2022/2024, foi aberto com a publicação no dia 21 de julho de 2021 do edital para inscrição de chapa.

De acordo com o calendário eleitoral o período de inscrição de chapa inicia-se no dia 22 de julho encerra-se no dia 04 de agosto. 

As votação, de forma presencial  na sede da entidade, acontecerá no dia 27 de outubro. Será possível também, como de costume, a votação via correios.

Terá direito ao voto, farmacêuticas e farmacêuticos associados e em dia com a tesouraria do Sinfarmig.

Abaixo, o Edital completo para mais informações.

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

 A Diretoria Executiva do SINDICATO DOS FARMACÊUTICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS - SINFARMIG, entidade sindical representativa dos profissionais farmacêuticos no Estado de Minas Gerais, convoca todos os seus associados em pleno gozo dos seus direitos, para participarem das eleições sindicais que será realizada no dia  vinte e sete de outubro de 2021, na sede da Entidade, à Rua Tamoios, nº 462, 12º andar, sala 1205, Centro,  Horizonte/MG, para a escolha dos membros da Diretoria  Colegiada composta da Diretoria Executiva, o Conselho Fiscal e os Representantes Regionais, relativo ao triênio 2022/2024. A votação no dia vinte e sete de outubro/2021, será presencial tendo expediente de votação com início às 09:00 horas e término às 17:00 horas. A Diretoria Executiva comunica a todos os associados que haverá uma urna na sede do Sindicato, onde se processará a votação presencial, através de escrutínio secreto, sendo certo, ainda, que haverá votação por correspondência. A captação dos Votos por Correspondência pela Junta Eleitoral ocorrerá no dia 27 de outubro de 2021 de 09:00 (nove) horas até as 15:00 (quinze) horas. Fica assegurado a todos os associados que tenham pretensão em concorrer às eleições, em acordo com os critérios do Estatuto da entidade, o direito de registro de chapas, no prazo de 15 (quinze) dias, a contar do dia subseqüente à data da publicação deste edital, computando-se o último dia para o término do referido registro, sendo prorrogado tal prazo para o primeiro dia útil subseqüente se o vencimento cair no sábado, domingo ou feriado. No período dedicado ao registro de chapas, o Sindicato manterá uma secretaria, com expediente de segundas-feiras às sextas-feiras, no horário compreendido de 08:00 às 12:00 horas,  para receber os documentos necessários e prestar informações concernentes ao processo eleitoral. O prazo limite para impugnação de candidatura é 18 de agosto de 2021. Caso não seja atingido o quórum na primeira votação, bem como no caso de empate, a segunda votação será realizada no dia 01 (primeiro de dezembro de 2021, nos mesmos moldes, local e horários, previstos na primeira votação, garantindo-se deste modo, todos os meios possíveis a lisura e democracia do pleito, tudo conforme as normas de regulamento previstas no Estatuto Social da Entidade. Belo Horizonte, 21 de julho de 2021. Farmº Rilke Novato Públio. Diretoria Executiva do SINFARMIG.

SINDICATO DOS FARMACÊUTICOS DE MINAS GERAIS  40 ANOS DE LUTA

  

O Sindicato dos Farmacêuticos de Minas Gerais – Sinfarmig completa neste 25 de maio de 2021, 40 anos da sua fundação

 

Criado em 1981 a partir de um movimento de colegas Farmacêuticos e farmacêuticas  que viram a necessidade da fundação da entidade sindical para representação legal e legítima da categoria farmacêutica em Minas Gerais, a exemplo de outros estados do País e também para somar forças as entidades existentes à época como o Conselho Regional de Farmácia e a Associação Farmacêutica de Minas Gerais.

 

Fundada no início da última década do período ditatorial, o Sinfarmig é criado com a firme missão de defender os interesses da categoria farmacêutica no campo do trabalho mas também, com a forte vocação para defesa da assistência farmacêutica enquanto política pública de qualidade e acessível à toda população brasileira, da defesa da saúde pública  e sempre na luta por uma sociedade mais justa e igualitária.

 

O Sinfarmig, entidade de base estadual, representa toda a categoria em Minas Gerais, em todas as suas atividades laborais. É filiado à Federação Nacional dos Farmacêuticos – Fenafar e à Central Única dos Trabalhadores -CUT

 

Nestas quatro décadas de existência, o binômio resistência e luta tem sido a tradução mais fiel da trajetória do Sinfarmig.

 

A defesa da nossa profissão e da categoria frente ameaças que, volta e meia, se apresentam, seja na forma de projetos de lei ou tentativas de retrocessos nas negociações trabalhistas, marcaram e ainda marcam essa caminhada.

 

Ao longo destes 40 anos, não foram poucas as tentativas de desmonte da organização sindical em nosso País. Mais recentemente, a Reforma Trabalhista  aprovada em nosso País, retirou a principal e, em muitos casos, única fonte de receita das entidades sindicais, inviabilizando a existência destas entidades.

 

Não satisfeitos, a proposta neoliberal de desmonte dos sindicatos foi acompanhada da redução dos direitos trabalhistas existentes e conquistados com muita luta há muito tempo. Assim, a sanha neoliberal ataca as entidades sindicais e  avança contra condições dignas nas relações trabalhistas.

 

Aplica-se a  política de desmonte geral na qual  o mercado regule a vida do trabalhador e trabalhadora, retirando direitos, flexibilizando toda e qualquer forma de trabalho, caminhando para a chamada “uberização” do mercado de trabalho onde impera a precarização, a exploração aviltante e retrocessos nas relações do trabalho.

 

Atualmente o Sinfarmig encontra-se em situação de extrema fragilidade. Para não “fechar as portas” foi preciso reduzir o horário de funcionamento a 04 horas diárias, rescindir contratos com os funcionários e advogados, cortar telefone, mantendo somente um funcionário que, com muito despreendimento faz de tudo para que a entidade resista. Graças ao apoio financeiro através de ajudas/doações, feitas por algumas/uns colegas  farmacêuticas/os  simpatizantes e solidárias/os, a entidade vem sobrevivendo para fazer frente às despesas ordinárias mensais com  condomínio, luz, internet e o salário ao único funcionário.  Neste momento, a filiação dos/as colegas farmacêuticos/as torna-se imprescindível e urgente à sobrevivência do Sinfarmig.

 A retomada de um Sinfarmig forte só será possível com a participação da categoria farmacêutica mineira.

 Entendemos que  justamente nestes momentos de crises, mais que nunca, é  preciso buscar forças para superarmos todas adversidades. Algumas batalhas foram perdidas temporariamente mas, com resistência e luta iremos ganhar essa “guerra” por condições de trabalho e remuneração dignas. 

 

Faça contato, críticas, dê sugestões para fazermos do Sinfarmig uma entidade fortalecida e estruturada para enfrentar e superar todos os desafios postos e os que virão. Filie-se ao sindicato.

 

VIDA LONGA AO SINFARMIG!!

 

                               Diretoria do Sinfarmig

 

Mais Artigos...

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco