20 de Janeiro - Dia do Farmacêutico

 

Para comemorarmos o dia 20 de janeiro – DIA DO FARMACÊUTICO - o SINFARMIG, juntamente com a Associação Mineira de Farmacêuticos (AMF), Associação Mineira de Farmacêuticos Homeopatas (AMFH), a Associação dos farmacêuticos Magistrais (Anfarmag/MG), a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC/MG e o CRF/MG, com patrocínio do Sincofarma e Sindusfarq, convidam a todos os farmacêuticos para um jantar comemorativo.
 
A COMEMORAÇÃO
 
O jantar dançante, no dia 19 de janeiro, sábado, a partir das 20h, no restaurante Rancho Fundo (Avenida Professor Mário Werneck, 1160, Buritis, Belo Horizonte, Minas Gerais), será realizado no sistema de co-participação (o jantar será oferecido pelas entidades e as despesas com bebidas ficam a cargo de cada farmacêutico). Os acompanhantes pagam R$ 26,00 pelo jantar, mais as bebidas.
 
COMO PARTICIPAR

Para participar da comemoração, o farmacêutico deve retirar seu convite pessoalmente na sede do SINFARMIG (Rua Guajajaras, n° 176, Loja 178, Centro, Belo Horizonte) a partir do dia 14 de janeiro, segunda-feira. Os convites são limitados.


SINFARMIG convida profissionais de MG para participarem

Com o intuito de promover ampla divulgação da Rede Farmácia de Minas e seus mecanismos de adesão, a Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF) irá realizar uma vídeo-conferência sobre a Rede Farmácia de Minas:
 
Data: 14 de março/08 (sexta-feira),
Horário: das 13:00 às 16:00 horas
Local: Gerências Regionais de Saúde e Secretaria Estadual de Saúde (veja endereço da mais próxima para você no link abaixo)
 
Em 2008 a Secretaria de Estado da Saúde/MG inaugura uma nova fase do Programa Farmácia de Minas.
 
Agora, reconhecido como Plano Estadual de Estruturação da Rede de Assistência Farmacêutica, consiste na definição de um modelo de assistência farmacêutica no SUS, onde a farmácia é reconhecida como estabelecimento de saúde e referência de serviços farmacêuticos para a população adscrita.
 
Para definição desse modelo, em 2008 a Rede de Farmácia de Minas selecionará até 56 municípios de até 10.000 habitantes que receberão do Tesouro Estadual um incentivo de até R$ 90 mil para construção da Farmácia e aquisição de equipamentos, R$ 1.200,00 em 13 parcelas mensais para contratação do profissional farmacêutico e o Sistema Integrado de Gerenciamento da Assistência Farmacêutica (SiGAF).
 
O Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Minas Gerais - SINFARMIG convida e conclama a todos os farmacêuticos a participarem da vídeo-conferência, lembrando que estamos em um grande momento para nossa profissão, pois, somente este ano de 2008, 56 novos postos de trabalhos na rede pública irão surgir sendo que até 2010 quase todos os municípios de Minas poderão contar com um profissional farmacêutico na rede pública.
 
O SINFARMIG contribuiu com a elaboração dessa Resolução (REDE DE FARMÁCIA DE MINAS), conseguindo importantes vitórias. No artigo 7º consta que o valor de R$ 1.200,00 é a “complementação salarial do farmacêutico” e logo abaixo há uma recomendação do valor do salário ser o piso salarial proposto pelo Sindicato (R$ 2.093,15 para 40 horas de trabalho).
 
Deliberação CIB nº 416 – Rede de Farmácia de Minas:

http://www.saude.mg.gov.br/atos_normativos/deliberacoes/2008/Anexo%20Unico%20da%20Del%20416%20Assist%20%20Farmaceutica.pdf
 
Veja GRS mais próxima de você:
 
http://www.saude.mg.gov.br/institucional/grs


Assembléia decide por paralisação de 24 horas. SINFARMIG apóia a decisão      

Em assembléia realizada hoje, 7 de março, no Hospital Regional de Betim, trabalhadores da saúde  do Município, filiados ao SindSaúde-Betim, decidiram entrar em greve a partir da próxima quinta-feira, dia 13, caso não haja negociação com o Governo.


Ficou acordado que na próxima terça, dia 11, os representantes do Sindicato e trabalhadores se reunirão na Câmara de Vereadores de Betim para negociar o reajuste de 26,44%, referente a perdas salariais.

A pauta de reivindicações inclui ainda isonomia salarial, adicional de urgência, emergência e deslocamento, regulamentação de pagamento de horas extras, melhoria das condições de trabalho e segurança, entre outras.

Caso a pauta não seja aprovada, a paralisação começará no dia 13 com uma passeata pelas ruas da cidade, podendo iniciar greve, que se estenderá até que haja negociação.

Segundo Berenice Freitas, representante do SindSaúde-Betim, a intransigência do Governo e a falta de diálogo com os trabalhadores forçou essa situação. “Sabemos que a Prefeitura de Betim possui recursos para melhorar a saúde, a ainda assim os governantes se negam a ouvir nossas reivindicações. Estamos enviando ofício ao Ministério da Saúde para que a prefeitura não alegue que não foi avisada”, afirmou. Berenice disse ainda que os trabalhadores precisam se sentir coagidos, pois a greve é um direito da categoria.

O diretor do SINFARMIG, Rilke Novato esteve presente e reinteirou o apoio do Sindicato à causa. “A população de Betim necessita do atendimento, que não pode continuar sendo realizado dessa forma, sem condições dignas para o trabalhador”, disse.

O SINFARMIG apóia na integralidade de pauta de reivindicações dos servidores de Betim. Acompanhe em nosso site os avanços nas negociações.


SINFARMIG apóia os trabalhadores da saúde

 

Farmacêuticos, Enfermeiros, Médicos e demais servidores suspenderão atividades por 24 horas no próximo dia 5 de março.

Em assembléia realizada no Hospital Regional de Betim e com participação do Sindsaúde-Betim, Sindicato dos Farmacêuticos (Sinfarmig), Sindicato dos Médicos (Sinmed-MG) e outros sindicatos dos trabalhadores de saúde, no dia 28 de fevereiro, os trabalhadores do SUS-Betim decidiram pela paralisação das atividades por 24 horas no próximo dia 5, das 7h de quarta-feira às 7h de quinta-feira.

Depois de quase 8 anos de negociação de uma mesma pauta, em que os trabalhadores, ano a ano,  foram enrolados pela Prefeitura Municipal de Betim em suas negociações, a categoria entendeu que a paralisação será a melhor forma de fazer com que a Prefeitura apresente uma resposta oficial às propostas.

As negociações terão que ter um desfecho até o dia 4 de abril, data em que se encerra o prazo imposto pela justiça eleitoral para a revisão da remuneração dos servidores públicos.

Betim conta hoje com uma das melhores arrecadações do Estado e a previsão de receita para o município, neste ano, ultrapassa a cifra de 1 bilhão de reais.

Os trabalhadores têm hoje uma remuneração defasada em relação a outros municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, trabalham em precárias condições de trabalho e, conseqüentemente têm dificuldade em oferecer atendimento digno e de qualidade à população.

O SINFARMIG apóia e participa da decisão de todas categorias dos trabalhadores de saúde do SUS Betim e trabalha em conjunto com demais sindicatos para que os profissionais da saúde tenham melhores salários e condições de trabalho.

Convocação

O SINFARMIG e demais Sindicatos dos Trabalhadores de Saúde de Betim convocam todos os farmacêuticos e farmacêuticos-bioquímicos para a concentração do movimento de paralisação.

Data: 5 de março, quarta-feira
Horário: 9h30
Local: Estacionamento do Hospital Regional (Av. Edméia Matos Lazzarotti, 3800 - Jardim da Cidade - Betim-MG)


Homenagem do SINFARMIG a todas as mulheres

O QUE É SER MULHER?


Atualmente, essa pergunta pode parecer piegas, feminista ou qualquer outro adjetivo semelhante, especialmente considerando a data criada para homenageá-las, dia 8 de março. Realmente pode parecer presunção excessiva ter um dia especial para elas, só por serem mulheres. Mas afinal, o que significa pertencer a essa classe?

A luta feminina ao longo da história deixou suas marcas, alcançou conquistas notáveis e fez com que as mulheres fossem vistas não apenas como as “rainhas de seus lares”, criadas para servir, e sim como seres essenciais para a sociedade. Já as particularidades do universo feminino talvez nunca sejam realmente compreendidas.

Suas necessidades, anseios, dúvidas e medos costumam ser mistérios até para elas mesmas. Ter uma carreira, casa, filhos, jornadas duplas, triplas de trabalho, e ainda assim conseguir conciliar tudo com um toque especial de carinho e muita dedicação.

Responder a essa pergunta – O que é ser mulher? É realmente a suprema presunção, é restringir, é decepcionar já na primeira palavra. O que é ser mulher? Não da pra responder em uma frase ou em um conjunto delas. A única forma de resposta vem da sua própria presença e existência.

O dia 8 de março é um marco para todas essas conquistas e uma justa homenagem.

O SINFARMIG parabeniza as colegas farmacêuticas e a todas as mulheres, desejando ainda mais vitórias ao longo do caminho.

Abraços
Diretoria do SINFARMIG


Debate sobre a Portaria º 154 para Farmacêuticos de todo o Estado

 

No dia 4 de março, o Sindicato dos Farmacêuticos reuniu a categoria para discutir a inserção do Farmacêutico nos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), instuído pela portaria 154 do Minsitério da Saúde.

Os diretores do SINFARMIG Waltovânio Vasconcelos e Junia Dark estiveram presentes, e o diretor Rilke Novato mediou a discussão.

O Coordenador de Assistência Farmacêutica Básica do Ministério, José Miguel Junior, esteve presente para esclarecer as dúvidas da categoria, que giraram principalmente em torno da real inserção do farmacêutico nos núcleos, de como serão criados, especialmente nas cidades menores e valores de repasse de verba.

José Miguel destacou que os NASF serão criados pelas Gerências Regionais de Saúde, e que as categorias profissionais devem se unir e articular junto a GRS de sua região para tentar fazer parte dos núcleos .

 


Desconto obrigatório da Contribuição Sindical (Imposto Sindical)

O SINFARMIG solicita à todos os Farmacêuticos que façam contato com o setor de contabilidade e/ou recursos humanos da empresa onde trabalha para que o desconto obrigatório da Contribuição Sindical (Imposto Sindical) previsto em lei seja feito em nome do Sindicato dos Farmacêuticos do Estado  de Minas Gerais.

O boleto de cobrança chegará antes do fechamento da folha de pagamento referente ao mês de março, no valor de R$ 69,77. Muitas empresas têm recolhido o Imposto Sindical dos farmacêuticos e repassado de forma ilegal para outros sindicatos.

É fundamental que o farmacêutico entre em contato o mais rápido possível com o setor responsável por este recolhimento para que não seja criada uma situação ilegal pela empresa e de inadimplência para o mesmo.

A Contribuição Sindical ( Imposto Sindical) tem previsão legal na CLT(artigo 578 a 590) e refere-se ao recolhimento compulsório de um dia de trabalho devido à todo empregado.

Mais Artigos...