O profissional contemplado no sorteio do curso "Exercícios Comentados de Farmacologia", oferecifo pelo Grupo Ideal foi o Farmacêutico MÁRIO CUSTÓDIO PEDROSA.O SINFARMIG parabeniza o colega farmacêutico e agradece a participaççao de todos os profissionais.


Diretoria - SINFARMIG

"Em defesa da saúde e da profissão farmacêutica"

Mudança radical no mercado farmacêutico

Após quatro décadas de comercialização, inibidores de apetite são proibidos no Brasil

 


A partir de 09 de dezembro (sexta-feira), entra em vigor a RDC 52/2011, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que proíbe a fabricação, distribuição, manipulação, prescrição, dispensação e comercialização de medicamentos que contenham as substâncias anfepramona, femproporex e mazindol, os chamados derivados anfetamínicos, largamente utilizados como inibidores de apetite. A medida também vale para os medicamentos que contenham em sua fórmula a substância sibutramina, com doses acima de 15mg/dia.

Após 40 anos de domínio no setor de medicamentos emagrecedores, a resolução da Anvisa visa coibir o uso indiscriminado dessas drogas, bem como os efeitos colaterais nos pacientes, como hipertensão, dependência química, derrame, entre outros males.Segundo a Anvisa, 55% da sibutramina comercializada no mundo é vendida no Brasil e sua venda já é proibida em países da Europa, comprovando que seus riscos superam os benefícios.

 

 

Àrea do site passa por modificações


Informamos que a área restrita de nosso site EMPREFARMIG está em manutenção para melhorias do sistema.

Em breve os serviços estarão disponivéis para os Farmacêuticos.

Pedimos desculpas pelos transtornos e agradecemos a compreensão dos profissionais.

Diretoria - SINFARMIG

Mobilização pela regulamentação da Emenda 29

 



A 14ª Conferência Nacional de Saúde (14ª CNS) iniciou suas atividades no últmo dia 30, com uma manifestação para reivindicar a regulamentação da Emenda Constitucional Nº 29, que destina 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para o Sistema Único de Saúde (SUS).Os participantes do evento, em caminhada pela Esplanada dos Ministérios, também pediram a redução da jornada de trabalho dos profissionais de saúde para 30 horas por semana.

A Conferência

A Conferência Nacional de Saúde é o evento sobre saúde mais importante no Brasil, realizado em Brasília/DF. Sob o tema “Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social - Política Pública, Patrimônio do Povo Brasileiro” e como eixo “Acesso e acolhimento com qualidade: um desafio para o SUS”, a 14ª Conferência tem por objetivo discutir a política nacional de saúde, segundo os princípios da integralidade, da universalidade e da equidadeAs atividades vão até o dia 4 de dezembro e conta com a participação de representantes do governo federal, dos governos estaduais e municipais, organizações não governamentais, centrais sindicais e representantes da sociedade civil. Na pauta das discussões, as políticas públicas do SUS.



>> Acompanhe as informações da 14ª CNS pelo twitter: www.twitter.com/Comunica14CNS


Mais:   Ministério da Saúde
          Conselho Nacional de Saúde


Com informações do CNS e Agência Brasil
Foto: Sérgio Luis

 


PREZADOS FARMACÊUTICOS (AS),


Com o objetivo de melhorar os serviços e resguardar as informações pessoais dos profissionais, o EMPREFARMIG, nosso serviço de vagas de emprego passou por modificações.


Agora, cada profissional tem a opção de divulgar ou não seu currículo em nosso site.


Siga o passo-a-passo:


1) Acessar a área restrita do site com login e senha;
2) Acessar “INF. PROFISSIONAL”;
3) Marcar o termo  que autoriza a divulgação de seu currículo na área de profissionais;


Caso o profissional não queira divulgar seus dados, o acesso a área restrita será realizado da mesma forma.


Qualquer dúvida entre em contato conosco: (31) 3212-1157 | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 


Diretoria – SINFARMIG
“Em defesa da saúde e da profissão farmacêutica



>> EMPREFARMIG em manutenção

Risco de formação de coágulos sanguíneos em mulheres que tomam anticoncepcional contendo o hormônio drospirenona


Considerando estudos recentes publicados no British Medical Journal e no sítio eletrônico do FDA, que sugerem um risco aumentado de formação de coágulos sanguíneos em mulheres que tomam anticoncepcional contendo o hormônio drospirenona, a Anvisa informa aos profissionais de saúde e pacientes que ainda não concluiu parecer definitivo sobre os mesmos, mas permanece acompanhando o assunto.Dois artigos publicados no British Medical Journal levantaram a questão de saber se há maior risco de trombose venosa profunda e tromboembolismo pulmonar em mulheres que tomam contraceptivos orais combinados que contêm o progestágeno drospirenona, em comparação com o risco em mulheres que tomam contraceptivos orais contendo o progestágeno levonorgestrel.

Esses estudos relataram um risco duas a três vezes maior de eventos tromboembólicos venosos ou tromboembolismo venoso em mulheres que usam contraceptivos orais contendo drospirenona, em vez de levonorgestrel.Estudos publicados anteriormente também abordaram o risco de coágulos sanguíneos em mulheres que usam pílulas anticoncepcionais contendo drospirenona. Esses estudos tiveram resultados conflitantes. Dois foram  estudos pós-comercialização exigidos pelo FDA ou agências europeias de regulação. Esses estudos não relataram qualquer diferença no risco de tromboembolismo venoso entre produtos contendo drospirenona e produtos contendo levonorgestrel.

No entanto, duas outras publicações a partir de 2009 relataram um risco de 1,5 a 2 vezes maior de tromboembolismo venoso em mulheres que usam contraceptivos contendo drospirenona, em comparação ao risco em mulheres que utilizam contraceptivos contendo levonorgestrel.O FDA divulgou que concluiu um estudo adicional, financiado pela própria agência, sobre contraceptivos hormonais. Este estudo inclui mais de 800.000 mulheres nos Estados Unidos, e foi projetado para examinar os riscos trombóticos e tromboembólicos, incluindo tromboembolismo venoso em uma série de contraceptivos hormonais.



Recomendações aos pacientes:

- Os pacientes em uso de anticoncepcional contendo o hormônio drospirenona devem seguir todas as recomendações do médico que os acompanha.
- Os pacientes devem comunicar imediatamente seu médico caso desenvolvam reações adversas durante o uso de anticoncepcional contendo o hormônio drospirenona.

Recomendações aos profissionais de saúde:


• Continuar a seguir as recomendações contidas nas bulas dos contraceptivos orais que contêm drospirenona.
• Discutir os benefícios conhecidos e potenciais riscos de contraceptivos orais contendo drospirenona com seus pacientes.
• Educar seus pacientes a reconhecer os sinais e sintomas de tromboembolismo venoso e pulmonar, e dizer-lhes para contactar imediatamente o seu médico se desenvolverem qualquer destes sintomas.
• Profissionais de saúde devem notificar eventos adversos graves pelo sistema NOTIVISA.

Ressaltamos que este informe não contém uma descrição abrangente do perfil benefício-risco dos anticoncepcionais contendo drospirenona, os quais permanecem favoráveis se utilizados sob supervisão médica e de acordo com as orientações contidas na bula.A área de Farmacovigilância da Anvisa acompanha o perfil de segurança dos medicamentos no mercado e solicita que os profissionais de saúde notifiquem, especialmente, reações adversas graves, mesmo que descritas em bula, pelo sistema NOTIVISA, disponível no sítio da Anvisa pelo endereço eletrônico: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm.

Fonte: Anvisa

Mais Artigos...